Quer começar um blog gratuito hoje? Saiba qual é a melhor plataforma para você

Meu nome é Roberto, tenho 30 anos e tenho vasta experiência em blogs, isto é, já tive muitos blogs na minha vida. Já experimentei quase todas as plataformas gratuitas, famosas e não tão famosas. Entre elas o Blogger (blogspot), o WordPress, o Tumblr, o LiveJournal etc.

Se você chegou aqui porque quer saber qual é a melhor, entenda que a resposta vai depender do seu propósito. Então acompanhe com atenção para que você mesmo possa tirar suas conclusões.

Afinal, por que você quer criar um blog? Não, não pense muito a respeito, senão você nem vai começar.

Vou compartilhar com vocês minha experiência com as principais plataformas.

Blogger

O Blogger é simples de usar, é perfeito para pessoas burras ou que simplesmente querem escrever, sem se preocupar com o resto. Sua bisavó consegue criar e manter um blog no Blogger numa boa. O visual dos templates está parado no início dos anos 2000 e pelo jeito continuará assim para sempre porque o Google não está afim de investir nisso.

Template Blogger - blog gratuito

Exemplo de visual de um template do Blogger. Se você achou isso bonito você tem um péssimo gosto.

Como o Blogger foi comprado pelo Google, mesmo ele tendo um visual bosta, ele é mais fácil de ser integrado ao Google Adsense – aquele sistema que insere anúncio nas suas postagens. Porém, se o seu blog for feio (o que é quase certo de acontecer) e tiver poucas visitas, quando você for se cadastrar no Adsense, eles vão te recusar porque “você é uma merdinha inútil sem influência, volte mais tarde”. Quase com essas palavras.

Tem sites que conseguem fazer alguns milagres e oferecem temas mais bonitos para o Blogger. O BTemplates é o mais famoso. Só que a configuração é bem chatinha, geralmente vai ter que mexer no código XML do template instalado para você personalizar o seu blog. O que não é uma tarefa divertida nem para quem sabe.

O sistema de comentários do Blogger costuma afastar um pouco os comentadores. Ele oferece muitas opções de login para comentar (Google, Facebook, LiveJournal e outros 200) e as pessoas acabam ficando assustadas e desistem de comentar. Leve isso em consideração, porque blogueiros geralmente adoram comentários.

Conclusão sobre o Blogger

Se você só quer escrever e não liga tanto para o visual, o Blogger é uma boa opção. Uma das vantagens é que, por ser do Google, seu blog vai ter boas relações com o sistema de busca, não que isso vá te ajudar a aparecer na frente dos outros. Mas há bastante integração com as ferramentas Google como Google Plus (que ninguém usa), Youtube etc. Outra coisa boa é que o Blogger permite você configurar facilmente um domínio personalizado, ou seja, você pode comprar um domínio .com.br , por exemplo, e colocar no seu blog.
Seu blog vai ter um toque mais profissional, mas vai continuar feio.

Tumblr

O Tumblr podia ser a melhor plataforma de todas, possui temas bonitos e facilmente personalizáveis. Também permite configurar domínio personalizado, e é de fácil integração com as redes sociais. É uma pena que o Yahoo deixou o Tumblr parado no tempo, não inovou em mais nada. E agora o Tumblr é apenas um antro para adolescentes depressivos postarem screenshots com frases de séries idiotas e letras de músicas com fotinhas tristes. Se você não faz parte desse mundinho, vai se sentir isolado lá e seu blog vai ter pouca visibilidade porque, pra ajudar, o sistema de busca próprio do Tumblr é meio bosta.

Tumblr - blog gratuito exemplo

Exemplo de visual de um blog no Tumblr

O sistema de comentários padrão é o Disqus, que é bem interessante, porém, é preciso fazer cadastro nele para comentar. Alguns usuários podem ter preguiça disso. Eles que vão se foder.

Conclusão sobre o Tumblr

O Tumblr não é um bom lar para quem gosta de escrever. É uma parada mais jovem, mais multimídia. E você tá ligado que a nova geração não tá muito afim de ler textos grandes. Só frases curtas, no máximo. Se você não tem muito assunto, só quer repostar imagens depressivas ou memes ou pornografia, o Tumblr é um bom lugar pra você.

WordPress

WordPress é o mais completo de todos. A versão gratuita já tem ótimos recursos, mas eles podem assustar quem não manja muito, justamente porque são bastante recursos. Você pode conferir as estatísticas do seu site com um clique, pode criar páginas, pegar uma página e colocá-la como início do seu site, criar menus muito loucos. Menus dentro de menus. Tem grande variedade de Widgets, que são umas paradas muito loucas que você pode inserir na lateral ou no rodapé do seu blog. E os templates, meu amigo, tem um mais foda que o outro e você pode ativá-los com um botão.

Wordpress - blog gratuito exemplo

Exemplo tema do WordPress.

O painel de controle do WordPress é todo em português, então se você tiver um pouco de perseverança, em pouco tempo vai se sentir em casa e vai estar brincando com as funcionalidades e ficar admirando orgulhoso o belo visual do seu blog.

O sistema de comentários do WordPress é bem convidativo. Ele só pede o nome e o e-mail, e a pessoa já pode sair comentando suas babaquices.

Só que nem tudo são flores, meu amigo. O problema do WordPress gratuito é que você não pode usar domínio personalizado. Seu blog será sempre .wordpress.com e mesmo que você queira pagar para convertê-lo em .com , ainda continuará com limitações como a impossibilidade de inserir anúncios no seu blog entre outras coisas. A não ser que você pague uma quantia que pode ser considerada como caro pra caralho.

É triste mas para você poder aproveitar todas as funcionalidades do WordPress, você teria que contratar uma hospedagem, comprar um domínio, instalar o WordPress do zero e configurar o banco de dados, isso só pra rodar o WordPress na sua hospedagem. Na verdade, pra aproveitar tudo mesmo, teria que  saber programar em PHP e sacar das funções WordPress. Isso é uma merda. Porque você só queria ter um blog legal, não é mesmo?

Conclusões sobre o WordPress

O WordPress é a plataforma mais completa e com os visuais mais bonitos e profissionais, até você decidir monetizar seu blog. Aí fodeu. Mas se você só quiser escrever num blog gratuito com visual profissional, o WordPress é a melhor opção de todas.

Medium

Medium é a plataforma de blogs criada pela galera do Twitter. Só que tem um problema. Como é integrado ao Twitter, ela passou a ser dominada pelos tuiteiros. E virou uma comunidade de gente chata e pedante que diz que o Medium é o último retuto da boa escrita.

É uma panelinha de gente chata pra caralho. Qualquer merda que eles escrevem é considerada sensacional. E fica um lambendo o cu do outro. Ficam postando textos polêmicos, só para causar e mostrar o quanto são rebeldes e geniais.

Você não pode criar um blog normal no Medium, você TEM que criar um blog de opinião. E TEM que ter opiniões sobre o aborto, sobre a legalidade das drogas, sobre o desarmamento ou do casamento gay, mesmo que a sua opinião seja uma merda. Se você não sabe o que pensar, ainda não tem uma opinião formada sobre determinado tema ou ainda está pensando sobre o assunto, você é um lixo e nem devia estar no Medium.

Medium - blog gratuito exemplo

Blogs do Medium têm visual bonito e clean e são tudo a mesma bosta

O visual dos blogs do Medium é muito limpo e agradável, só que é tudo a mesma porra, o seu e o dos outros. Então as pessoas ficam postando imagens gigantes e fazendo posts polêmicos pra ver quem chama mais a atenção.

Conclusão sobre o Medium

Se você é chato pra caralho e PRECISA compartilhar sua opinião imbecil com o mundo e procura uma comunidade de gente chata pra caralho para gerar discussões babacas que não vão levar a nada, o Medium é o melhor lugar do mundo.

Acho que com essas informações você, meu caro amigo blogueiro, já consegue decidir qual plataforma utilizar.

Depois que criar a sua porcaria, deixe o link nos comentários!

Às ordens.
Roberto Freitas
Franca-SP

Veja também:
Como mandar nudes sem medo de cair na net?